TRE-MS julga contas do PT de Corumbá como não prestadas

O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) julgou as contas do diretório do PT em Corumbá como não prestadas. O parecer consta no Djems (Diário da Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul) desta sexta-feira (22).

As contas prestadas se referiam ao exercício financeiro de 2022. Assim, o TRE-MS apontou “existência de movimentação nos extratos eletrônicos, a ausência de emissão pelo prestador de recibos de doação e a ausência de registro de repasse ou distribuição de recursos do Fundo Partidário no exercício financeiro em exame”.

 

O parecer do Ministério Eleitoral foi favorável ao julgamento de contas não prestadas. Então, o TRE-MS julgou as contas desta forma.

Por fim, foi determinada a perda do direito ao recebimento da quota do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha.

Botão Voltar ao topo