Suspeito que atropelou policial é morto pela PM – CREDITO:

O homem suspeito de atropelar e deixar um policial com graves ferimentos, na madrugada desta sexta-feira (2), foi morto após trocar tiros com equipe do Batalhão de Choque da Polícia Militar, no Bairro Aero Rancho, em Campo Grande, na madrugada deste sábado (3). Ele ainda não foi identificado.

Conforme as informações levantadas pela reportagem, o policial estava em barreira em uma estrada de Dois Irmãos do Buriti, a 116 km da Capital, justamente para abordar uma caminhonete Chevrolet S10. Quando se aproximou, o condutor jogou a S10 propositalmente contra a viatura do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais).

O policial teve graves ferimentos e foi levado para a Santa Casa de Campo Grande. Ele deve passar por cirurgia, mas o quadro de saúde ainda é desconhecido.

Na sequência, equipes passaram a procurar a caminhonete, o que seria mais fácil por conta do dano que ficou após o atropelamento. Ainda na madrugada, a S10 foi encontrada abandonada em Terenos, mas ninguém foi preso naquele momento.

As equipes continuaram as diligências pelo suspeito e o Batalhão de Choque chegou até um endereço: Rua Cajazeiras, no Bairro Aero Rancho. Lá, segundo a PM, houve confronto a tiros com o suspeito, que acabou alvejado. Socorrido e levado ao Hospital Regional, ele não resistiu.

No imóvel da Rua Cajazeiras mora uma família, mas no local ninguém quis conversar com a reportagem. O suspeito teria purado mulo para fugir da polícia. O boletim de ocorrência está sendo registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol.

Outro caso – Em menos de sete horas, é o segundo suspeito morto pela polícia. Na noite desta sexta-feira (2), policiais cumpriam mandado de busca e apreensão em um imóvel, na cidade de Chapadão do Sul, quando um adolescente de 17 anos reagiu a abordagem e foi atingido por tiros. O suspeito, segundo nota da PM, tem 50 registros criminais. –

Botão Voltar ao topo