Simone Tebet é cotada para assumir Ministério da Justiça

O nome de Simone Tebet (MDB), ministra do Planejamento e Orçamento, tem sido cotado para assumir o Ministério da Justiça. A sul-mato-grossense pode assumir após a saída de Flávio Dino, atual comandante da pasta, que pode ser indicado para o STF (Supremo Tribunal Federal).

Simone Tebet é advogada e especialista em Direito pela Escola Superior da Magistratura e mestre em Direito do Estado pela PUC de São Paulo.

Analistas apontam que a ida de Tebet para o Ministério da Justiça acalmaria os ânimos em relação a não indicação de uma mulher para o STF no lugar da ministra Rosa Weber. Com a nomeação de Flávio Dino, a Corte terá apenas a ministra Cármen Lúcia como representante feminina. Além disso, a ministra ganharia mais força política no cenário nacional.

Além de Tebet, há outros nomes cotados para a pasta, como o do ex-ministro Ricardo Lewandowski, pela proximidade com o presidente Lula. O senador Jaques Wagner, Marco Aurélio de Carvalho, o advogado do grupo Prerrogativas e o atual advogado-geral da União, Jorge Messias, são outros nomes ventilados para assumir a pasta da Justiça.

Procurada pela reportagem do Campo Grande News, a ministra Simone Tebet (MSB) respondeu através de sua assessoria de comunicação que não tem declarações a fazer em relação às especulações.

Depois da eleição de Lula, a primeira reivindicação de Simone foi pelo Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo Bolsa Família, atualmente ocupado por Wellington Dias (PT).

Botão Voltar ao topo