Satélite pioneiro de 2,3 toneladas termina ciclo e vai entrar na atmosfera fora de controle

Um satélite europeu pioneiro na década de 1990 com cerca de 2,3 toneladas está prestes a reentrar de forma não controlada na atmosfera terrestre. Mas isso não é motivo para alarde. As informações são do G1.

O chamado ERS-2, lançado há quase 30 anos como o mais sofisticado objeto de observação da Terra desenvolvido e lançado pela Europa na época, está previsto para se fragmentar durante o processo, com a maioria das suas partes esperadas para queimar na reentrada, informou a Agência Espacial Europeia (ESA).

 

Mesmo assim, como a volta ao nosso planeta do satélite que operou até 2011 será “natural” (objetos com massas do tipo reentram na atmosfera da Terra a cada uma ou duas semanas), a agência não pode prever com exatidão quando e onde especificamente o satélite entrará na atmosfera da Terra.

O que se sabe, segundo uma previsão da ESA (que inclusive pode mudar) desta última segunda (19) é que sua reentrada deve ocorrer perto das 12h da próxima quarta-feira (21), no horário de .

Ainda segundo a ESA, é possível que alguns fragmentos do satélite alcancem a superfície terrestre, onde é provável que caiam no oceanoNo entanto, é importante ressaltar que nenhum desses fragmentos conterá substâncias tóxicas ou radioativas.

Botão Voltar ao topo