Rapaz de 18 anos morre após ser brutalmente agredido a socos e chutes

Ricardo Lopes Fernandes, de 18 anos, foi brutalmente agredido a socos e chutes nesta quinta-feira (7), na Aldeia Porto Lindo, em Japorã, cidade a 467 km de Campo Grande. Ele não resistiu e morreu no local. O autor, conhecido como “Julinho Cáceres”, de 21 anos, foi preso em flagrante.

A vítima foi encontrada morta embaixo de uma árvore a a polícia foi comunicada pelo cacique da aldeia, informando, ainda que o autor havia sido visto nas proximidades.

Abordado próximo a uma escola, Julinho foi questionado pelo cacique e, falando em guarani, confessou o assassinato. Cáceres ainda ameaçou o policial que atendia a ocorrência, o cacique e os moradores da aldeia.

Uma testemunha afirmou que viu Cáceres em cima de Ricardo, desferindo diversos chutes e socos, inclusive, com a vítima já desmaiada no chão. A vítima teve graves lesões, sendo que não houve tempo de socorro e Ricardo morreu no local.

Moradores queriam linchar Cáceres, uma vez que ele é um homem conhecido pelo comportamento agressivo na aldeia e já cometeu um homicídio, da mesma forma com que matou Ricardo, com crueldade.

 

Botão Voltar ao topo