Polícia investiga relação de atentado com disputa do tráfico de drogas –

Três homens, de 19, 21 e 24 anos, suspeitos de tentativa de homicídio a um grupo rival por disputa de território de venda de drogas, foram presos nesta quinta-feira (12) em Chapadão do Sul, distante 321 quilômetros de Campo Grande. O crime aconteceu na Rua P-5 com a P-2.

As quatro vítimas tomavam tereré quando perceberam a movimentação dos suspeitos que ocupavam um carro e uma motocicleta. O grupo chegou a ser atacado a tiros de pistola 9 milímetros, mas conseguiu fugir. Ninguém ficou ferido. O nome dos envolvidos não foi informado.

Conforme o site o Chapadense News, os três suspeitos pelo atentado foram presos horas depois enquanto tentavam fugir em um Fiat Pálio, na MS-306. Durante as diligências, a pistola foi apreendida e munições de calibre 38.

Testemunha relatou à polícia que o mandante do crime era um preso do Estabelecimento Penal “Jair Ferreira de Carvalho”, presídio de segurança máxima de Campo Grande. O motivo seria a disputa por território de venda de drogas e a rivalidade entre traficantes. As quatro vítimas que sobreviveram ao atentado são conhecidas no meio policial por envolvimento com o tráfico.

Homicídio – Na noite de quarta-feira (11), Jaílson Antônio, de 25 anos, morreu e o outro jovem foi ferido a tiros, na Rua Pitanga, no Bairro Espatódea, na porta de casa. Marcas de tiros ficaram na parede do imóvel. Ainda é investigado se os crimes têm ligação com a disputa do tráfico de drogas no município. O suspeito pelo crime ainda não foi localizado. –

Botão Voltar ao topo