Pai e filho matam jovem de 22 anos com tiro na cabeça no Danúbio Azul

Dois homens, pai e filho, foram presos na madrugada desta quinta-feira (2), suspeitos de matar Erick Luciano  Lopes, de 22 anos, com um tiro no tórax e cabeça, após uma briga, no bairro Danúbio Azul, em Campo Grande. Um terceiro envolvido está foragido.

A morte aconteceu por volta das 22h, entretanto, horas antes, Erick teria brigado com um dos suspeitos. O boletim de ocorrência relata que um jovem teria sido espancado com pauladas na cabeça. O motivo teria enfurecido a família, que retornou onde a vítima estava, em um Peugeot 206 de cor prata.

Uma amiga de Erick, que testemunhou a morte, disse que o irmão do rapaz espancado desceu do carro armado e disparou, fugindo com o veículo. O jovem morreu no local. Foi acionada uma equipe da Polícia Militar, que encontrou duas cápsulas de  ao lado do corpo.

A irmã da vítima também revelou e confirmou sobre a briga e a familiaridade entre os suspeitos. A polícia identificou o endereço da família, no mesmo bairro, sendo recebidos pela mãe dos jovens. A mulher disse que o marido e os filhos haviam saído para procurar atendimento médico, já que estava com ferimentos das paulas.

O pai e um dos filhos, de 55 e 25 anos, respectivamente, foram encontrados na  (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino, com o Peugeot estacionado próximo. Ambos foram levados para a Cepol; o filho com lesões na cabeça, braços, tórax e costas, decorrentes das agressões anteriores. A polícia realiza buscas pelo terceiro envolvido, de 27 anos.

Botão Voltar ao topo