Número de pessoas em situação de rua no Mato Grosso do Sul atingiu recorde em 2023, mostra estudo

 terminou 2023 com o maior número de pessoas em situação de rua em 7 anos. Dados do Observatório Nacional dos Direitos Humanos mostram que 1,4 mil pessoas viviam em situação de rua em 2023. O total é 17% maior que os 1.211 de 2022.

No país, o número de pessoas em situação de rua disparou com a pandemia de Covid-19, a partir de 2020. No Mato Grosso do Sul o  é parecido. Os números são crescentes desde 2016, mas houve queda em 2021.

Em 2020, o Estado chegou ao número de 1.143 pessoas em situação de rua. Número que caiu para 1.042 em 2021, mas voltou a subir para 1.211 em 2022 e 1.422 em 2023.

 desponta como a cidade com maior número de pessoas em situação de rua. São 804, conforme os dados do observatório, o que representa 0,074% da população do município. Média bem acima da estadual que fechou 2023 em 0,017%.

Perfil das pessoas em situação de rua

Homem, brasileiro, pardo, entre 30 e 49 anos, alfabetizado e sem contato com a família. Este é o perfil das pessoas em situação de rua no Mato Grosso do Sul, segundo dados do levantamento.

A maioria das pessoas em situação de rua é brasileira, mas também há venezuelanos, argentinos e  vivendo nas ruas do Estado. A grande maioria (90,2%) é de homens, sendo apenas 9,7% de mulheres.

Os dados mostram também que a maioria já frequentou escola e é alfabetizada, mas vive sozinha nas ruas devido a problemas familiares, desemprego ou situações com drogas e álcool. Mais de 1 mil pessoas em situação de rua já trabalharam com carteira assinada e atualmente dormem na rua ou em albergues.

Com base nos dados do CadÚnico do Governo Federal, o observatório aponta que a maioria das cidades de Mato Grosso do Sul tem pessoas em situação de rua. São 42 municípios com registro de gente nessa situação.

Aumento exponencial no país

Dados do observatório mostram que entre 2018 e julho de 2023, o número de pessoas em situação de rua cadastradas no Cadastro Único quase dobrou, apresentando crescimento ano após ano.

O número de municípios brasileiros com pessoas em situação de rua cadastradas passou de 1.215 em 2015 (22% do total de municípios do país), para 2.354 em 2023 (42% do total de municípios do país).

Os 10 municípios com maior número de PSR concentram juntos 51,5% da população em situação de rua do país. São eles: , Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, , Fortaleza, Porto Alegre, Curitiba, Campinas e Florianópolis.

Botão Voltar ao topo