Mulher é salva de cárcere após tortura com fio elétrico –

Uma mulher de 22 anos foi salva pela polícia, após ser mantida em cárcere, torturada com fio elétrico e espancada pelo marido, nesta sexta-feira (8), em uma fazenda de Água Clara, distante 198 quilômetros de Campo Grande. –

De acordo com informações do site Rádio Caçula, a vítima era agredida com socos e chutes em suas partes íntimas. Além disso, a mulher era torturada com fio elétrico.

Enquanto era espancada, o suspeito, 22 anos, dizia que se ele não usava, ninguém usaria também. Afirmou ainda que se a vítima escolheu casar com ele, teria que ficar casada até morrer.

Após viver momentos de terror, a mulher conseguiu pedir ajuda quando o marido dormiu. A vítima pegou o celular do suspeito, ligou para a mãe e pediu que chamasse a polícia.

Policiais do 2º Batalhão da Polícia Militar foram até a fazenda e encontraram o suspeito que foi preso em flagrante pelos crimes de cárcere privado e posse ilegal de arma de fogo. Com ele foi apreendida uma arma garrucha calibre .22.

A mulher foi socorrida até o hospital com hematomas pelo corpo, além de dores fortes nas partes onde foi atingida com socos e chutes. O homem foi transferido para a penitenciária de Três Lagoas. –

Botão Voltar ao topo