Melancia: Sua aliada para uma alimentação refrescante e nutritiva no verão

Já imaginou que a melancia tem uma história que remonta a cerca de 4.000 anos a.C. na cultura egípcia? Originária da África, desde os tempos antigos, a melancia tem conquistado paladares ao redor do mundo. Com o passar dos séculos, essa fruta encontrou seu caminho para diferentes cantos do planeta.

No contexto brasileiro, a melancia desempenha um papel essencial no agronegócio, sendo a terceira fruta mais produzida no país, que se destaca como o quinto maior produtor de melancia do mundo. Esse fato destaca a importância econômica e cultural da melancia na agricultura brasileira.

O Brasil é conhecido por suas condições climáticas favoráveis à produção de frutas, incluindo a melancia, que se beneficia das condições propícias para o cultivo.

O médico nutrólogo Dr. Ronan Araujo, destaca que a melancia é constituída principalmente de água, alcançando cerca de impressionantes 92% de sua composição. Esta característica a torna uma opção excelente para a manutenção da hidratação.

Também oferece diversidade nas vitaminas essenciais, como a vitamina C, que fortalece o sistema imunológico e facilita a absorção de ferro, além da vitamina A, crucial para a saúde ocular.

O potássio, outro elemento presente em sua composição, exerce efeitos benéficos na saúde cardiovascular. Adicionalmente, os carboidratos da melancia fornecem uma fonte de energia eficaz para as atividades diárias, enquanto suas fibras contribuem para uma digestão saudável e o funcionamento adequado do sistema gastrointestinal.

Quantas calorias possui a melancia?

A quantidade de calorias em uma melancia inteira pode variar dependendo do tamanho e da variedade da fruta. No entanto, em média, uma melancia inteira de tamanho médio (aproximadamente 5 kg) contém cerca de 600 a 700 calorias.

A quantidade exata de calorias em uma fatia de melancia também varia dependendo do tamanho da fatia, mas em média, uma fatia de melancia (aproximadamente 280 gramas) contém cerca de 86 calorias.

“Para aqueles atentos à saúde e ao peso, a melancia se destaca como uma escolha inteligente. Com baixo teor calórico e alto teor de água, oferece saciedade sem comprometer as calorias diárias recomendadas”. Comenta o Dr. Ronan Araujo.

O consumo diário de calorias pode variar dependendo das necessidades calóricas individuais, nível de atividade física e outros fatores. Em geral, não há uma recomendação específica para a quantidade exata de melancia que se deve comer por dia, pois isso dependerá das necessidades calóricas e preferências individuais.

Se você estiver monitorando sua ingestão calórica, pode ser útil considerar o tamanho das porções e equilibrar o consumo de melancia com outras fontes de nutrientes importantes. Incorporar uma variedade de frutas e vegetais em sua dieta, incluindo a melancia, pode contribuir para uma alimentação equilibrada e saudável.

Se alguém está planejando consumir, por exemplo, três porções de frutas por dia, incentivar a diversificação é uma excelente ideia. Cada fruta traz uma composição única de nutrientes, antioxidantes e fibras, e ao variar, a pessoa pode colher os benefícios de uma gama mais ampla de elementos nutritivos.

Essa abordagem não só contribui para a saúde física, mas também mantém a alimentação interessante e prazerosa, evitando a monotonia que pode surgir ao comer as mesmas coisas todos os dias.

Qual momento do dia é recomendado o consumo da melancia?

A melancia é uma fruta refrescante e hidratante, sendo uma excelente opção em qualquer momento do dia. No entanto, alguns preferem consumi-la durante o período mais quente do dia, como no verão ou como uma opção de lanche refrescante.

A melancia pode ser uma escolha favorável para várias situações:

Como lanche entre as refeições: Pode ser consumida como uma opção de lanche leve e saudável entre as refeições.

Antes ou após o exercício: Sua alta hidratação e teor de açúcar natural podem ser benéficos antes ou após a atividade física.

Inclusa nas refeições principais: Pode ser incorporada como parte de uma refeição equilibrada, especialmente durante o verão, quando alimentos mais leves e frescos são apreciados.

Como sobremesa: Pode servir como uma alternativa saudável e doce para finalizar uma refeição.

Para além do sabor, a melancia oferece benefícios substanciais à saúde. O Dr. Ronan Araujo explica que seu alto teor de licopeno, um poderoso antioxidante, está associado à saúde cardíaca e à prevenção de certos tipos de câncer. Além disso, suas propriedades anti-inflamatórias podem ajudar na recuperação muscular pós exercício.

Como incluir na dieta

Salada de melancia: Corte a melancia em cubos e misture com outros ingredientes frescos, como pepino, queijo feta, hortelã e uma pitada de limão. Essa combinação doce e salgada é uma opção deliciosa e refrescante.

•  Smoothies e sucos: Use a melancia como base para smoothies e sucos. Basta adicionar a melancia cortada em pedaços a um liquidificador junto com outras frutas, como morangos ou limão, e bater até obter uma mistura homogênea e suave.

•  Espetinhos de frutas: Monte espetinhos de frutas com pedaços de melancia, juntamente com outras frutas coloridas, como morangos, uvas e kiwis. É uma opção divertida e saudável para lanches ou sobremesas.

•  Sorvetes e picolés: Transforme a melancia em uma deliciosa sobremesa congelada. Bata a polpa da melancia no liquidificador e adicione um toque de suco de limão ou outras frutas. Despeje a mistura em moldes de picolé ou em uma máquina de sorvete para obter um refresco gelado.

•  Salsa de melancia: Experimente uma salsa de melancia refrescante como acompanhamento para pratos salgados. Pique melancia em cubos pequenos e misture com cebola roxa picada, coentro fresco, suco de limão, pimenta e sal. Sirva com tortilhas ou como acompanhamento para grelhados.

•  Melancia grelhada: Surpreenda-se com o sabor caramelizado da melancia grelhada. Corte fatias grossas de melancia e grelhe-as em fogo médio alto por alguns minutos de cada lado. O calor realça o sabor adocicado e adiciona um toque defumado.

•  Chá da casca de melancia: Aproveite ao máximo a melancia utilizando sua casca para fazer um saboroso chá. Lave bem a casca da melancia e corte-a em pedaços. Ferva os pedaços de casca em água por cerca de 15-20 minutos. Coe o líquido resultante e, se desejar, adicione um toque de limão ou hortelã para realçar o sabor. O chá de casca de melancia é conhecido por ser refrescante e pode ser consumido quente ou frio.

Para preservar a qualidade da melancia, é fundamental armazená-la adequadamente. Uma vez cortada, a fruta deve ser refrigerada e consumida dentro de alguns dias. Para preservar todo o frescor, armazene-a inteira em local fresco e arejado até o momento de servir.

Botão Voltar ao topo