Mãe impaciente agride filha de 1 ano com tapas na enfermaria da Santa Casa

Jovem foi flagrada agredindo a filha de 1 ano e 7 meses na enfermaria da Santa Casa de Campo Grande. Segundo a denunciante, a agressora tem 17 anos e está grávida de 4 meses.

Conforme o relato de uma das pacientes do local, a jovem não tem paciência e bate na menina o tempo todo. Além dos tapas, a criança também foi agredida de outras formas, aonde uma das mulheres que estava na sala precisou intervir.

“Na terça-feira (22), a menina chorou, ela a pegou pelos cabelos e jogou no bercinho. A neném continuou chorando. A mãe, logo em seguida, apanhou o chinelo e deu três chineladas que chegou de estralar. Uma mãe do lado teve que entrar no meio parar acudir a neném”, contou.

A denunciante também relatou que, em outra situação, a menina caiu do berço e a mãe sequer a acudiu ou chamou a enfermeira.

“A neném caiu do berço e ela (mãe) sequer falou para enfermeira e deixou a menina chorando o tempo todo. A gente que tinha que pegar a criança no colo e acalmar ela”, disse.

As pacientes chegaram a gravar vídeo das agressões e encaminhar para o SAC da Santa Casa, que chegou a informar que iria tomar providências.

Uma das pacientes conseguiu o contato da avó paterna e mandou o vídeo das agressões, onde ela se mostrou assustada com a situação e disse, em áudio gravado, que iria tomar providência.

A assessoria da Santa Casa que informou que a situação foi passada para o Serviço Social, que prontamente acionou o Conselho Tutelar e agora aguarda a ação dos órgãos competentes.

 

Botão Voltar ao topo