Justiça Itinerante estará no Pioneiros e Universitário nesta semana; veja agenda

Não são atendidos casos de ações trabalhistas, criminais em geral e contra a União, Estado, Município, Autarquias e empresas públicas

Recebem o atendimento da Justiça Itinerante nesta semana no período da manhã oito bairros. O atendimento é realizado por ordem de chegada das 7 horas às 11h30, com prioridade para idosos, gestantes e deficientes, com senhas limitadas.

Não são atendidos casos de ações trabalhistas, criminais em geral e contra a União, Estado, Município, Autarquias e Empresas Públicas, falências; que versem sobre direitos previdenciários, das sucessões e de estado (curatela e tutela); sobre falências e documentos em geral, entre outros.

Quem desejar mais informações basta ligar nos telefones (67) 3314-5503 e 3314-5537; ou comparecer na sede do Juizado, na Rua Antônio Corrêa, 85, na Vila Glória (entre as Rui Barbosa e Pedro Celestino – próximo à Avenida Fernando Corrêa da Costa).

Confira a rota:

Segunda-feira (19/02)
Unidade I: São Conrado – Av. Gal Alberto Carlos de Mendonça,  s/n em frente à Policlínica
Unidade II: Santo Amaro – Rua Ministro José Linhares, s/n (esquina com a Rua Yokohama) em frente à UPA

Terça-feira (20/02)
Unidade I: Vila Nasser – Rua Januário Barbosa, 366, em frente ao CRAS
Unidade II: Nova Lima – Rua Ida Baís, 19, em frente ao Centro de Saúde São Francisco

Quarta-feira (21/02)
Unidade I: Pioneiros – Rua Ana Luísa de Souza, 1.090, em frente ao CEINF São José
Unidade II: Novos Estados – Av. Nosso Senhor do Bonfim, 2685, em frente a USF Estrela Dalva

Quinta-feira (22/02)
Unidade I: Universitário – Av. Guaicurus, esquina com a Rua Marques de Olinda, em frente ao UPA
Unidade II: Coophavila II – Rua dos Recifes, 981, em frente a USF Dr. Alfredo Neder

A população pode procurar uma das duas unidades do ônibus da Justiça Itinerante para receber orientações sobre ações de alimentos; cobrança; conversão de separação em divórcio; conversão de união estável em casamento; cumprimento de obrigação de fazer; declaratória de inexistência de débito; despejo; devolução de quantia paga; dissolução de união estável; divórcio direto; execução de alimentos; execução de título extrajudicial; execução de título judicial; execução de quantia certa; exoneração de alimentos; guarda; indenização por danos; investigação de paternidade; modificação de guarda; oferecimento de alimentos; reconhecimento de maternidade; reconhecimento de paternidade; reconhecimento de união estável; regulamentação de visitas; reintegração de posse; rescisão contratual; restabelecimento de sociedade conjugal; revisional de alimentos e revisional de cláusulas.

Botão Voltar ao topo