Homem morre baleado no Nova Lima, um mês antes de ser julgado por assassinato

No início da tarde desta segunda-feira (11), Mark Lee Alves, de 26 anos,  morreu atingindo por vários disparos na Rua Nefe Pael, no Nova Lima, região norte de Campo Grande. Os moradores do bairro comentaram que ouviram cerca de oito disparos, mas até o momento não há informações de quantos tiros acertaram a vítima, que morreu na hora.

Os atiradores estavam em uma moto. Além do Corpo de Bombeiros, uma equipe da Polícia Militar está no local, a Perícia e a Polícia Civil foram acionadas.

Em 2018, Mark atropelou e matou o jardineiro Jefferson Moreira, 37 anos, depois de uma briga no trânsito. Na época, ele disse que agiu para se defender e proteger a família das ameaças feitas pela vítima depois que esposa dele danificou o retrovisor da moto do jardineiro. Mark seria julgado no dia 23 de abril.

As investigações mostraram que ele poderia desviar da vítima, mas jogou o carro para cima do Jefferson. Como não foi preso em flagrante e respondeu em liberdade.

O atropelamento aconteceu na manhã do dia 24 de dezembro, no cruzamento das ruas Jerônimo de Albuquerque com Abrão Anache, no Bairro Nova Lima.

Tudo começpou por conta de uma briga de trânsito. A esposa de Mark dirigia uma picape Peugeot Hoggar branca e teria arrancado o retrovisor da motocicleta pilotada por Jefferson a uma quadra do local do atropelamento.

Foi quando o motociclista teria começado a discutir com os ocupantes do veículo e durante a briga o então passageiro, Mark assumiu a direção da picape, acelerou e atingiu intencionalmente o rapaz, que morreu no local.

Botão Voltar ao topo