Estética da Unoeste acolhe mulheres em tratamento oncológico

Mulheres que marcaram presença na ação receberam vários atendimentos, entre eles, massagem em mãos e quick massagem

 

Em alusão ao mês Outubro Rosa, dedicado à prevenção e conscientização sobre o câncer de mama, o curso de Estética e Cosmética realizou na noite dessa quarta-feira (25), no Centro de Estética, que fica no Bloco 1 do campus 1 da Unoeste, a ação de humanização intitulada “Uma noite com a estética paliativa”. Vários procedimentos estéticos como massagem em mãos e pés, design de sobrancelhas, maquiagem, auriculoterapia e quick massage – que é aquela massagem rápida que serve para ativar a circulação sanguínea, aliviar tensões e relaxar os músculos, foram oferecidos a mulheres que estão em tratamento oncológico contra o câncer de mama em Presidente Prudente.

A atividade mobilizou cerca de 20 estudantes do curso, que é oferecido nas modalidades presencial e EAD. O evento faz parte da disciplina de Estética Paliativa e foi organizado sob supervisão das professoras Ana Clara Campagnolo Gonçalves Toledo (professora da disciplina na modalidade presencial) e Bruna Corral Garcia de Araújo (professora da disciplina na modalidade EAD). Bruna também é coordenadora do curso presencial.

A professora Ana Clara falou com carinho da realização dessa noite tão especial para todos os envolvidos. “O objetivo da ação foi trazer para as mulheres em tratamento oncológico e pós tratamento uma perspectiva diferenciada baseada em empatia, acolhimento, resgate da beleza, autoestima, bem-estar, empoderamento e força dessas mulheres, mudando um pouco o foco da reabilitação. Isso permite que a reabilitação não seja aquela baseada apenas em sinais e sintomas, queixas diversas relacionadas à quimio, à radio e à hormonioterapia. Mas também, mesmo neste momento, proporcionando a elas a beleza, a leveza, o resgaste de contato humano e empático que é fundamental para equilibrar todo essa fase bastante desafiadora”, explicou.

Ainda de acordo com a professora, alguns dos procedimentos oferecidos na ação também ajudam a proporcionar o alívio de algumas sequelas do tratamento, a exemplo das dores musculares e fadigas, permitindo que essas mulheres olhem para si exatamente como mulheres “e não somente com aquele olhar limitado de cuidado para o tratamento da doença”. Foi um sucesso porque as alunas se entregaram e se dedicaram bastante: foram atrás de brindes e conseguiram proporcionar um acolhimento a elas com lanche. Houve uma conversa inicial dessas mulheres que relataram espontaneamente como está sendo o tratamento oncológico, como foi descobrir o câncer de mama, quais são as queixas e limitações que têm hoje, quais são as perspectivas, enfim, foi um diálogo inicial que enriqueceu muito o aprendizado das alunas, pois elas viram na prática aquilo que a gente já conversa na disciplina de Estética Paliativa”, emendou Ana Clara, ressaltando que as alunas conseguiram executar todas as técnicas estéticas que aprendem no curso.

“Além disso, as alunas tiveram a oportunidade, na prática, de aplicar a nossa ficha de avaliação. Então, no final da noite, as alunas estavam com o coração emanando gratidão, de muita realização, de muito cuidado e carinho. Foi muito gratificante para as alunas e para as pacientes saíram de lá renovadas para continuarem com o seu tratamento oncológico”, disse.

ratamento humanizado

Uma das mulheres contempladas com os procedimentos estéticos, a paciente em tratamento Carla Cristina Sanches Cortez, classificou como “maravilhoso” o atendimento prestado. “Quero agradecer pelo evento de ontem a noite. A estética paliativa foi maravilhosa. É muito bom passar por esse banho de beleza e massagem, que é o que a gente precisa: da autoestima. Equipe maravilhosa, as meninas super delicadas, professoras maravilhosas. Foi tudo muito bom”, elogiou, em tom de gratidão.

Já a aluna do 3º termo de Estética e Cosmética Amanda Beatriz Epifânio Boldo, diz que o aprendizado nesse contato direto com as pacientes oncológicas foi além dos conhecimentos que ela adquire todos os dias em sala de aula. “Eu amei, foi um momento muito especial pra mim. Estou mais que satisfeita e elas nos ensinaram muito também. Acredito que elas também estão muito satisfeitas do que aconteceu, de como foi. Foi um momento de muita interação e com certeza todos que acontecerem, quero participar”, salientou.

 

Botão Voltar ao topo