Durante operação, policiais se confundem e militares atiram contra o Bope

Agentes da P2 abriram 'fogo amigo' no Morro do Jorge, no Rio de Janeiro; sequência de tiros só parou quando os policiais se reconheceram

Em operação contra traficantes no Morro do Jorge Turco, na Zona Norte do Rio de Janeiro na madrugada de sábado (17), policiais militares do serviço reservado (P2) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), acabaram entrando em ‘confronto’.

Segundo a Polícia Militar, a ação teve início após dados de inteligência da corporação apontarem uma movimentação de traficantes do Complexo do Chapadão, dominado pela facção Comando Vermelho (CV), tentando invadir o Complexo da Pedreira, comandado pelo Terceiro Comando Puro (TCP). Na operação, 14 criminosos foram presos.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a aproximação dos agentes do Bope, que são atacados a tiros por policiais da P2 e revidam. O vídeo mostra ainda a sequência de rajadas de tiros de fuzil. Após se reconhecerem, as equipes se cumprimentaram e continuaram a operação. Não houve feridos.

A Polícia Militar informou que já está com as imagens, que serão analisadas e estudadas entre as equipes operacionais da instituição para que episódios como este não aconteçam novamente.

Botão Voltar ao topo