Dona de espaço de festa receberia dinheiro de sequestro que acabou em morte –

Kevelyn da Silva Araújo, 25 anos, dona de um espaço de festa onde três comerciantes foram mantidos em cárcere nesta quinta-feira (4), receberia parte do dinheiro do sequestro. Ela acabou presa em flagrante durante a ação do Batalhão de Choque da Polícia Militar. Durante as diligências, Geovane Ferreira de Lima, 27 anos, foi morto ao reagir a abordagem e o comparsa, identificado como Valdir de Oliveira Lopes Filho, 23, acabou preso.

Segundo o Batalhão de Choque, Kevelyn da Silva Araújo alugou o espaço sabendo que ali ocorreria um crime. Depois, receberia parte da quantia obtida com o sequestro dos comerciantes. A mulher tem passagem criminal por calúnia, ameaça e furto.

Segundo  apurou, consta no TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) processo por receptação e crime de trânsito no nome de Geovane. Na ficha ainda foi encontrada passagem por tráfico de drogas, de quando ele ainda era menor de idade. Já Valdir de Oliveira tem ficha por dano, roubo, roubo qualificado pelo emprego de arma de fogo e tráfico de drogas. –

Botão Voltar ao topo