Corpo é encontrado em subestação que explodiu

Suspeita é que o homem teria entrado no local para furtar fios

O corpo de um homem ainda não identificado foi encontrado carbonizado dentro da subestação de energia que pegou fogo na madrugada desta segunda-feira (5), na Vila Progresso, em Campo Grande.

Conforme apurado preliminarmente pela reportagem, a suspeita é que o homem teria entrado na subestação para furtar fios. O corpo dele foi encontrado embaixo de uma das torres de energia.

O local é todo protegido com cerca elétrica e até o momento não se sabe por onde o homem entrou.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para controlar as chamas, além disso, a Polícia Militar também está no local fazendo o isolamento da área até a chegada da perícia.

Pelo menos 30 mil endereços da região ficaram sem luz. Muita gente se assustou com a explosão durante a madrugada e imagens feitas pelos moradores mostram as chamas e fumaça densa.

Diversas equipes da Energisa já estão na subestação mexendo nos postes de alta tensão, na tentativa de solucionar o problema. A Rua Ari Coelho de Oliveira, entre as vias Simon Bolivar e Rua Carlinda Tognini, foi interditada para o trabalho das equipes.

A subestação foi inaugurada em 25 de março de 2022. Ao todo, foram R$ 56,3 milhões investidos na unidade, que atende 33 mil unidades consumidoras.

Botão Voltar ao topo