Com uma política fiscal sólida, MS tem a gasolina mais barata do Brasil

Com uma política fiscal sólida e responsável, Mato Grosso do Sul tem a gasolina mais barata do Brasil. Os dados constam no levantamento feito pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) referente a primeira semana de outubro de 2023. No Estado o preço médio do litro da gasolina comum está em R$ 5,56.

Este levantamento tem a avaliação dos preços em 58 postos de combustível do Estado, entre os dias 1 e 7 de outubro. O preço mínimo para revenda foi de R$ 5,15 por litro e o máximo chegou a R$ 6,85, estando o médio em R$ 5,56.  A ANP faz a publicação dos preços semanais da gasolina, etanol, óleo diesel, GNV e GLP nos municípios, estados e regiões.

Mato Grosso do Sul lidera a lista (mais baratos) junto com o Piaui, que também tem preço médio da gasolina de R$ 5,56. Logo depois aparece na sequência o Maranhão (R$ 5,58), São Paulo (R$ 5,59), Minas Gerais (R$ 5,61), Amapá (R$ 5,65), Distrito Federal (5,66), Mato Grosso (R$ 5,69) e Rio de Janeiro (R$ 5,70). Confira a lista completa:

Entre as capitais, Campo Grande também se destaca sendo a segunda mais barata do Brasil, com o preço médio de revenda de R$ 5,48, sendo superada apenas por São Luiz (Maranhão), que dispõe do valor de R$ 5,31.  (Veja o levantamento completo).

O governador Eduardo Riedel destacou desde o início da sua gestão que a política fiscal do Estado será equilibrada e responsável, tendo como foco contribuir para o desenvolvimento do Mato Grosso do Sul, fomentando a economia em diferentes setores. O objetivo é dispor de uma gestão próspera, mas também inclusiva, sem deixar nenhum sul-mato-grossense para trás.

Botão Voltar ao topo