Com 65% dos projetos da região Centro-Oeste, MS assume um papel de protagonismo na maior feira de ciências do país

Com uma participação ativa na  Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), Mato Grosso do Sul evidencia sua excelência no desenvolvimento de pesquisa científica no Ensino Básico. A Feira é organizada pela Universidade de São Paulo (USP) desde 2003, e visa despertar o interesse pelas ciências entre crianças e adolescentes de todo o país. A primeira etapa da edição de 2024 está marcada para iniciar em 15 de janeiro, de maneira online.

Os trabalhos semifinalistas destacam-se pela qualidade da pesquisa, originalidade e impacto social. O Grupo Arandú, vinculado à Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), por meio do projeto UhéMS, promove anualmente a capacitação desses alunos, oferecendo a preparação necessária para que avancem na Feira.

Nos dias 5, 6 e 7 de janeiro, o grupo irá promover workshop preparatório exclusivo para semifinalistas, orientadores e coorientadores. Os interessados em participar devem ficar atentos às redes sociais do Grupo Arandú (@grupo_arandu), e responder ao formulário de inscrição disponibilizado.

Segundo o coordenador do Grupo Arandú, e que está à frente no desenvolvimento desta iniciativa, Ivo Leite Filho, capacitar os estudantes do Ensino Básico para avançarem no desenvolvimento de seus projetos é a verdadeira maneira de transformar o mundo. “Estamos gerando oportunidades, e é assim que vamos impactar o espaço onde estamos inseridos”, afirma.

Já para a graduanda em Ciências Biológicas pela UFMS, Thailleny Dantas, finalista da Feira no ano de 2018, que participou da capacitação, a iniciativa é essencial para o estudante avançar nas próximas etapas da Feira. “Me ajudou muito com a minha própria confiança, é como  me sentia pertencente àquele trabalho, quando eu apresentava depois do workshop, me sentia muito mais confiante”, pontua.

Para obter mais informações sobre o WorkShop. visite o Instagram da FETEC/MS (@fetecms) ou entre em contato  pelo e-mail fetecms@gmail.com.

Botão Voltar ao topo