Brinquedos ficam de lado e lojistas apostam cada vez mais em eletrônicos para o Dia das Crianças

No mundo das telas e conexões virtuais, os comerciantes de Campo Grande investiram nos eletrônicos para o Dia das , celebrado na quinta-feira (12).

Pensando nesse universo tecnológico, os lojistas estão abastecidos com prateleiras cheias de celulares, tablets e games e os ‘ it’ eletrônicos, que estão conquistando a garotada.

 Marino, de 52 anos, é lojista há cerca de 30 anos e começou com a venda de brinquedos convencionais, mas adaptou o negócio de acordo com o crescimento dos filhos.

“Quando eram crianças eu vendia brinquedos, depois foram crescendo e passei a vender mochilas, cresceram mais ainda e começaram a se interessar por coisas tecnológicas e eu mudei também. Agora é isso que vendo”, explica.

Os lojistas garantem que a partir dos 6 anos, o interesse por eletrônicos aumenta e é pensando nesse público que eles esperam aumentar as vendas nos próximos dois dias.

“Os games são os mais procurados. Temos opções que custam menos de R$ 100 e os que são vendidos a R$ 4 mil”, diz Ramão Galeano Júnior, de 36 anos, que gerencia o próprio comércio de eletrônicos há 14 anos.

Para os pais que pretendem se manter no universo de conexões digitais, há tablets e celulares que podem ser encontrados a partir de R$ 450.

“Vendi todos os celulares dos mais baratinhos que eu tinha. Sai muito porque a criançada quer e é mais em conta”, observa o comerciante Sandro Minantes, de 52 anos.

No universo tecnológico também existem opções mais acessíveis a partir de R$ 50. Uma das ‘febres’ do momento são os pop it eletrônicos. Assim como os tradicionais, eles também caíram no gosto da garotada. Com botões flexíveis e modelos variados, se tornaram um dos presentes mais pedidos nas últimas semanas.

A militar do Exército, Sandra Vidoto, de 44 anos, aproveitou essa terça-feira (10) para garantir os pop it eletrônicos dos filhos.

“Isso virou uma onda na escola. Todo mundo tem. Meu filho viu com uma amiguinha e quis também. Quando ele veio me pedir, decidi que seria o presente certo para o Dia das Crianças”, relata.

Vendas

Mesmo com feriados na quarta-feira (11) e quinta-feira (12), o comércio manterá o atendimento para garantir as vendas. Pesquisa sazonal realizada pelo Instituto de Pesquisa da  MS (IPF/MS) mostra que a data deve arrecadar valores superiores aos R$ 300 milhões em todo o Estado.

A pesquisa também revela que, em média, 71% da população estadual deve comprar presentes e mais de 50% comemorar a data.

Botão Voltar ao topo