Bolsonaro vira réu na Justiça do DF

Justiça do DF torna o ex-presidente Jair Bolsonaro réu por incitação ao estupro. O caso refere-se a declarações feitas em 2014 contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS).

Quando era deputado federal, em 2014, Bolsonaro disse que não estupraria a deputada Maria do Rosário (PT-RS), porque, na opinião dele, ela “é muito feia”.

Em junho de 2023, o Ministro Dias Toffoli determinou que o caso fosse transferido para o TJDFT, já que Bolsonaro não tinha mais foro privilegiado. Em 1º de setembro do mesmo ano, a 3ª Vara Criminal de Brasília aceitou a denúncia contra o ex-presidente, tornando-o réu na Justiça do DF.

O juiz Omar Dantas Lima ratificou todos os procedimentos realizados pelo STF incluindo o recebimento da denúncia e a realização de depoimentos de testemunhas.

No Twitter Bolsonaro declarou que ““Defendemos desde sempre punição mais severa para quem cometa esse tipo de crime e, justamente, quem defende o criminoso agora vira vítima”.

Botão Voltar ao topo