Bebê surrado e morto pelo pai teve hemorragia e lesão no pâncreas no DF

Perícia indicou que o bebê Cassio da Silva Pereira, de dois meses, morto ao ser espancado pelo próprio pai, no Paranoá (DF), sofreu hemorragia e lesão no pâncreas. O crime foi descoberto na terça-feira (17).

Conforme o Metrópoles, as lesões se deram em decorrência das agressões do suspeito. Laudo preliminar também apontou ferimentos nos olhos, além de várias marcas pelo corpo. O suspeito, Wagner Pereira da Silva, 32 anos, foi preso em flagrante.

Ainda segundo o site, o depoimento da mãe do menino, Patrícia Viriato da Silva, 25 anos, levou a polícia a descobrir que o bebê era frequentemente agredido pelo pai com pancadas no abdômen. A causa da morte foi hemorragia, que progrediu para choque hipovolêmico.

Crime

Patricia detalhou que, no dia do crime, saiu de casa às 6h para estudar na biblioteca da Universidade de Brasília. Ela diz que quando saiu deixou o filho bem, mas 1h30 depois foi avisada pelo companheiro que o filho estava ruim. O homem acionou o Corpo de Bombeiros, mas o pequeno já tinha morrido em casa.

O Metrópoles trouxe também que Wagner não confessou o crime diretamente, mas, segundo a investigação, há provas de que Cássio tenha morrido em decorrência das lesões provocadas pelo genitor.

Frequente

A mãe do bebê já havia registrado boletim de ocorrência há menos de um ano por violência doméstica. Ela era alvo de agressões frequentes, porém retirou a queixa meses depois.

O suspeito será indiciado por homicídio qualificado por tortura, motivo fútil e redução de capacidade de resistência da vítima. A PCDF ainda investiga se houve negligência por parte da mãe de Cássio.
Wagner disse que os ferimentos eram frutos das frequentes quedas no menino em razão de problema na perna.
Vizinhos

Vizinhos contaram à Polícia Militar que o bebê criança era vítima de violência doméstica e que ouviram episódios de possíveis agressões. Um deles contou que viu o garoto no dia anterior e que, naquele momento, ele não apresentava machucados aparentes

Botão Voltar ao topo