Balanço: Primeiro secretário da ALEMS fala das perspectivas para 2024

Em 2023, a gestão do deputado e 1º secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), Paulo Corrêa (PSDB), foi marcada pela modernização e otimização dos recursos. “Foram realizadas diversas obras estruturantes na Casa de Leis, incluindo a construção do DataCenter, um ambiente controlado e seguro onde todos os dados relativos ao Parlamento são armazenados, processados e gerenciados. Além disso, a construção da subestação de telecomunicação, que abriga a torre de rádio e TV, permitirá a transmissão da nossa programação em canais abertos. Outras melhorias incluem a modernização das esquadrias e vidros, a implementação de sistemas de segurança, como catracas e scanner de raio-x, a automatização das portarias e a modernização dos painéis e sistemas de votação do plenário e do plenarinho”, descreveu o 1º secretário da Casa de Leis, sobre as melhorias implementadas em sua gestão.

O 1º secretário da Casa de Leis reforçou que a promoção da transparência em benefício do cidadão é um dos objetivos das obras estruturantes. “Essas iniciativas demonstram um compromisso contínuo com a segurança e a modernização da Assembleia Legislativa, com o apoio dos 24 deputados estaduais. E ainda promovem uma maior transparência em nossas ações e uma maior aproximação com a população sul-mato-grossense”, disse.

“Precisamos ter coragem de discutir e legislar. Todas essas obras só foram possíveis porque foram aprovadas pelos 24 deputados da Assembleia Legislativa, e a sequência de obras já iniciadas quando eu era presidente, e o deputado Zé Teixeira o 1º Secretário puderam continuar. Tudo é continuação do que havia sido feito na gestão passada, em que não havia nenhuma obra no prédio de 45 anos. E hoje está acontecendo a inauguração oficial da Rádio e TV ALEMS. É importante dizer que somos um conjunto. Não somos ninguém sozinhos. Agradeço o trabalho de todos”, elogiou.

Perspectivas 2024

Já autorizadas pelo presidente Gerson Claro (PP), a 1ª Secretária da ALEMS traz novidades em 2024. “Logo será divulgada a empresa vencedora a fazer o refeitório. Também haverá um novo estacionamento para conforto de todos, pois recebemos aqui toda a população e a classe política, e pensando no meio ambiente, estamos elaborando um estacionamento com subsolo e primeiro andar de forma sustentável aqui, que contará com cerca de 700 vagas. Isso é uma filosofia de nosso trabalho. É necessário ampliarmos o plenário, esse passo ficará para o próximo ano. É necessário conferir um maior conforto a quem utiliza o espaço, principalmente na área destinada à Imprensa, sempre pensando na sustentabilidade do prédio”, informou.

O deputado também reitetou a necessidade da valorização dos servidores da Assembleia Legislativa. “O trabalho que vem sendo feito pela presidente do Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul [SisalMS], com a servidora concursada a presidindo, Ana Claudia, é muito importante.Tudo faz parte de um grande conjunto. Falta acertar o salário dos nossos servidores. Está sendo feito um estudo, já que a data-base é em abril”, concluiu Paulo Corrêa.

om a inauguração oficial do sinal aberto da Rádio e TV ALEMS, um novo tempo inicia no Parlamento Estadual. O deputado e 1º secretário da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa, lembrou o início de tudo, em sua gestão, também como 1º secretário, na 9ª Legislatura da Assembleia Legislativa, quando a Casa era presidida pelo então deputado Jerson Domingos. “Ficamos muito felizes pois tivemos muito revéses para chegar até a TV e Rádio inaugurada, a pandemia foi uma delas. E agora o sentimento é de dever cumprido. Para todos, é um sonho podermos fazer uma TV para a gente acessar com antena dentro de nosso terreno. Uma emoção muito grande, trabalho de praticamente 12 anos, fico muito feliz e com muito orgulho de termos conseguido também operar nessa antena a Rádio ALEMS 105.5″, relatou.

Telões 

Tanto o Plenário Júlio Maia, quanto o Plenarinho Nelito Câmara tem novos painéis para a votação de projetos. No Plenário são realizadas as sessões ordinárias; já no Plenarinho acontecem as reuniões da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), responsável por avaliar a juridicidade, legalidade e constitucionalidade dos projetos que entram em tramitação na ALEMS, sejam elaborados na Assembleia Legislativa ou em outros Poderes.

Os painéis são placares de leds que exibem votações, presenças, e ainda tementrada multimídia para slides, banneer e vídeos, integrando também o deputado que precisar votar via Zoom. Um terceiro painel foi instalado no Saguão Nelly Martins. E cada parlamentar conta com um microfone individual e o tóten de votação.

A segurança na Assembleia Legislativa foi reforçada com equipamentos modernos. Na entrada principal, foi instalado um raio-x, os seguranças receberam rádio comunicadores. Os visitantes agora são identificados com crachá individual para acesso livre ao prédio, e registro de entrada e saída, semelhante ao sistema de crachá funcional utilizado pelos servidores.

“Recebemos três equipamentos de raio-x, em que instalaremos em três pontos de controle de entrada, começando aqui na entrada principal. Isso é a segurança interna funcionando para que possamos preservar a vida de quem trabalha e quem visita. Também passamos a uniformizar os agentes corretamente, com paletó, gravata e camisa padronizados. Temos 1.100 funcionários e o setor da Segurança dá esse resguardo a todos, também aos deputados e a quem vem à Casa, fazendo funcionar essa nova ALEMS”, relatou o 1º secretário da ALEMS, Paulo Corrêa, sobre as ações para ampliar a Segurança.

O deputado destaca que a prioridade é o cidadão. “Priorizamos o treinamento em relação ao atendimento de quem chega aqui, a educação que os nossos colaboradores tem com quem frequenta a Casa de Leis é muito importante. Também devo frisar que o nosso objetivo é o bem-estar do povo sul-mato-grossense na Casa da Cidadania”, declarou Paulo Corrêa.

O Data Center é um centro de processamento de dados que concentra os sistemas computacionais da instituição, de forma permanente e segura, preservando os dados histórias e também a geração de energia. Localizado no subsolo da Assembleia Legislativa, a sala utilizada tem características particulares para abrigar os dados.

“A sala é preparada para suportar 5.000ºC ou uma inundação de até 1,5 de profundidade, além de arrombamento e disparo de arma de fogo. Todo o sistema é digitalizado, moderno e seguro, o que permitirá a preservação documental de tudo o que se relaciona ao Poder Legislativo”, destacou Paulo Corrêa.

Obras estruturantes 

Aa importantes obras estruturantes na Casa de Leis conferem maior segurança a todos. A modernização das esquadrias e vidros, seguindo as normas de segurança definidas pela Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT), amplia a segurança em caso de acidentes, pois o material usado na vidraça se despedaça. Outra vantagem é o isolamento acústico proporcionado pelas esquadrias.

*Colaborou a assessoria parlamentar.

Botão Voltar ao topo