Bala furou o crânio de Mingau e atravessou o cérebro, dizem médicos, que não querem dar prognóstico

O músico Mingau, baixista da banda Ultraje a Rigor, que se apresenta no programa The Noite com Danilo Gentili no SBT, continua internado na cidade de São Paulo com um quadro de saúde considerado grave. Ele foi baleado na cabeça no último fim de semana na cidade de Paraty, no Rio de Janeiro, por supostos traficantes de drogas, de acordo com as informações da Polícia Civil.

Nesta terça-feira, dia 5 de setembro, os médicos do Hospital São Luiz do Itaim, pertencente à rede privada D’or e localizado na cidade de São Paulo, concederam uma coletiva de imprensa na qual detalharam o quadro de saúde do baixista. De acordo com a equipe, o músico continua internado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e permanece em coma induzido. Segundo os profissionais que assistem o artista, a bala perfurou os ossos do seu crânio, atravessou o cérebro e saiu do outro lado do corpo.

Neste momento, os médicos tentam controlar uma hipertensão craniana em Mingau. Nesse sentido, a equipe evita falar em um prognóstico, tendo em vista que ainda existem muitos passos a serem percorridos no decorrer do tratamento do músico. “Hoje é difícil estabelecer um prognóstico devido às condições biodinâmicas. A cirurgia não terminou, nós a fizemos na fase aguda e ele está em observação. Caso seja necessário, faremos outra”, informou o neurocirurgião Dr. Manoel Jacobsen Teixeira, que cuida do caso do baixista, de acordo com o UOL.

No momento, os médicos não sabem precisar quando a sedação será retirada de Mingau. De acordo com os profissionais, o caso clínico do músico, envolvendo um disparo de arma de fogo na cabeça, é marcado por um intenso inchaço no local. Por isso, os profissionais precisam aguardar que o corpo seja capaz de recuperar a parte atingida e que o inchaço seja reduzido, para que somente então as próximas medidas para o controle do seu caso sejam tomadas.

Botão Voltar ao topo