Após deputado Pedrossian Neto reivindicar em Brasília, ANTT e TCU devem visita MS para discutir pedágio e obra da BR-163

Depois de o deputado Pedrossian Neto (PSD) buscar, por meio de diálogo com a ANTT (Agência Nacional dos Transportes Terrestres) e requerimento sobre o assunto, o TCU (Tribunal de Contas da União), além da Agência, devem vir para Mato Grosso do Sul analisar a situação do pedágio e das obras da BR-163.

Pedrossian Neto tem levantado o assunto, tanto na tribuna da Assembleia Legislativa, quanto em entrevistas, a situação que permeia o contrato de concessão da BR-163, em Mato Grosso do Sul.

Um dos pontos é a não duplicação de boa parte do que estava previsto em contrato. Paralelo a isso, houve aumento de quase 17% no valor do pedágio – sendo este alvo de pedido para redução durante reunião em Brasília, na semana passada.

No encontro com o presidente da ANTT, Rafael Vitale, participaram também membros da bancada federal de MS.

As informações sobre a vinda da Agência e do Tribunal de Contas foram noticiadas no site Investiga MS.

A data e demais detalhes devem ser definidos e divulgados posteriormente.

Botão Voltar ao topo